Após 41 anos, Band fecha acordo exclusivo para transmitir ‘Fórmula 1’ até 2022

 Após 41 anos, Band fecha acordo exclusivo para transmitir ‘Fórmula 1’ até 2022

O Grupo Bandeirantes anunciou nesta terça-feira (9/02) um acordo de exclusividade para transmissão do Campeonato Mundial de Fórmula 1 até o final de 2022. Ao todo, 23 provas do circuito serão exibidas na Band e os treinos classificatórios da “F1” no canal pago BandSports, que também terá as Fórmula 3 e Fórmula 2.

Com esse acordo a Band tem em mãos as principais modalidades do automobilismo. Em dezembro, o Grupo de João Saad fechou contrato para exibir, na TV aberta, o campeonato brasileiro de Stock Car até 2025.

Além das modalidades, a emissora escalou profissionais importantes para as transmissões esportivas da casa. A apresentadora Glenda Kozlowski foi contratada em setembro para apresentar, ao lado de Elia Júnior, o “Show do Esporte”.

• Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as notícias da televisão!

No fim do ano passado, Reginaldo Leme foi chamado para participar das transmissões da “Stock Car” como comentarista. A jornalista Mariana Becker chega para reforçar ainda mais as transmissões e assumir as reportagens.

“O Brasil representa um dos cinco maiores mercados do mundo em audiência e faturamento da Fórmula 1®. Voltar a ser a casa da categoria depois de 41 anos é motivo de muito orgulho para nós”, diz João Saad, presidente da Rede Bandeirantes.

A última vez em que a Band transmitiu a “Fórmula 1” foi em 1980. Daí em diante a Rede Globo foi quem transmitiu as provas e os treinos classificatórios até 2020. No comunicado divulgado à imprensa, a Band parabenizou a Globo pelos anos de transmissão da modalidade.

“O Grupo Bandeirantes parabeniza o Grupo Globo pela grande qualidade técnica e jornalística, que valorizou e elevou a importância da modalidade”.

Instale nosso aplicativo, para Android, e tenha as principais notícias da Televisão no seu celular!

A reestreia da Band nas transmissões da Fórmula 1 acontece no início de março, quando acontece a primeira corrida da temporada de 2021. O ponto mais importante do acordo é a atenção que será dada às corridas ao longo da programação.

Na Globo, as transmissões eram focadas apenas na corrida em si, sem dar muita atenção ao “pós-corrida” (como é feito no futebol) e as reportagens sobre o campeonato nos produtos da casa eram muito curtas. Fato que irritou os telespectadores fãs de automobilismo.

Com o time de especialistas, a Rede Bandeirantes pretende preencher essas lacunas deixadas pela concorrente enquanto for detentora dos direitos de transmissão, com conteúdo jornalístico em todas as plataformas do Grupo. O acordo também prevê as corridas de 2022.

Posts Relacionados

Estamos no Youtube!

X
Estreias da semana – 03 a 08/05 RedeTV! decide cancelar debate marcado para 23 de outubro Apresentadora Maisa não renova contrato e deixa SBT após 13 anos